terça-feira, 30 de junho de 2009

Mobilização para construção do IRBEM


O Movimento Nossa São Paulo convida cada cidadão de São Paulo e cada empresa, organização social, escola, igreja, clube social, time de futebol e grupo de amigos (inclusive virtual) a participar da construção dos Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município. O objetivo é construir um conjunto de indicadores que sirva para orientar ações de empresas, organizações, governos e toda a sociedade, considerando como foco principal o bem-estar das pessoas.

A primeira fase da construção do IRBEM é a consulta pública que se estende até 30 de setembro. A consulta é feita por meio de questionário, elaborado pelos grupos de trabalho e pela secretaria executiva do Movimento. Ao todo são 24 temas nos quais as pessoas podem escolher o que elas mais valorizam para seu bem-estar na cidade.

O preenchimento do questionário, além de ser o ponto de partida para a formulação do IRBEM, é importante também para estimular em todas as regiões da cidade o debate sobre as escolhas da população para alcançar qualidade de vida para todos.

Por isso é fundamental que cada cidadão e organização - social, privada ou pública – se engaje na campanha e estimule a todos os seus colaboradores a participar também. Quanto mais gente colaborar, refletir, debater e pensar soluções, mais chance teremos de construir uma cidade que privilegie o bem-estar da população.

Após a fase de consulta pública, em outubro o Ibope vai selecionar os itens que foram citados como os mais importantes para a qualidade de vida da população para incorporar tais itens na pesquisa anual do Movimento Nossa São Paulo. A pesquisa será realizada em novembro. Em seguida, haverá a sistematização dos dados. Em janeiro, por ocasião do aniversário da cidade, haverá o lançamento do IRBEM.

Os interessados em participar, podem preencher o questionário e estimular familiares amigos, vizinhos e colegas de classe e de trabalho a fazerem o mesmo. Para auxiliar na mobilização, há o material de campanha, como banner para internet, cartaz e folder.

Cronograma do IRBEM

De 15 de junho a 30 de setembro – Pesquisa preliminar com a população.

Outubro – Seleção dos itens que foram citados na pesquisa como os mais importantes para a qualidade de vida da população.

Novembro – Aplicação da pesquisa Ibope com os paulistanos, em amostra proporcional aos vários segmentos da população. Depois disso, será feita a sistematização e a construção do IRBEM.

Janeiro de 2010, aniversário da cidade de SP – Lançamento público do IRBEM.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Felicidade, a moeda da nova economia


A plenária de abertura da Conferência Internacional Ethos discutiu as perspectivas da mudança de padrão civilizatório em torno do desenvolvimento sustentável. A idéia é valorizar somente o que faz a vida valer a pena

Caio Neumann

Esta discussão reuniu Bernardo Toro, filósofo e assessor da presidência da fundação Avina, e Susan Andrews, psicóloga e antropóloga formada pela Universidade de Harvard, fundadora e coordenadora da ecovila Parque Ecológico Visão Futuro, no interior de São Paulo, e coordenadora do programa Felicidade Interna Bruta (FIB) no Brasil.

Desenvolvimento sustentável, na sua vertente social, prerroga a ideia de evolução de um cidadão ou a personificação do ideal de cidadania em relações interdependentes. Toro iniciou sua palestra afirmando a necessidade de mudança de estilo de vida para a perpetuação da espécie. “Ou mudamos e aprendemos a cuidar de nós mesmos, dos nossos próximos conhecidos ou não e passamos a nos perceber como uma espécie única e cuidamos dos nossos recursos ou pereceremos”, prevê.

Para tanto, segundo o filósofo colombiano, também é preciso saber cuidar do nosso intelecto, preservar a criação e a disseminação do conhecimento - que é um bem social – reciclando, reutilizando e reduzindo o que consumimos. “O melhor instrumento para cuidarmos daqueles que não conhecemos é cuidar dos bens públicos”, completa, reafirmando a necessidade de unidade de toda a raça humana.

Susan Andrews, por sua vez, falou sobre a obsolescência do PIB como métrica de desenvolvimento, apresentando o seu crescimento nos Estados Unidos, seu país natal, desde a década de 1940 até hoje, e também o crescimento de pessoas com depressão, suicídios, divórcios, entre outras métricas de bem estar. “O PIB americano aumentou consideravelmente, mas isso apenas deixou uma pegada ecológica que nos assombra e o nível de felicidade percentual mais baixo que na metade do século anterior”, salientou.

Mas o que é Felicidade Interna Bruta ou FIB? É uma métrica de desenvolvimento humano utilizada pelo Butão, país do Himalaia. Ele segue a linha de pesquisa chamada “Ciência Hedônica”, cunhada por alguns cientistas, como, por exemplo, Joseph E. Stiglitz, economista estadunidense, prêmio Nobel de economia em 2001 (Stiglitz lidera e dá nome à Comissão que estuda – por encomenda de Nicholas Sarkozy, presidente da França – um novo indicador, para substituir o PIB).

Segundo os estudos dessa linha, riqueza traz felicidade só até certo ponto. Quando alguém sai do estado de miséria, passando por três estágios - atendimento das necessidades de sobrevivência, conforto e luxo -, o nível de felicidade aumenta. Porém, a partir dessa conquista, não há mais satisfação. E o que se mostra realmente importante, afirma Susan, não é apenas o desenvolvimento econômico, mas também os chamados “fatores não-materiais” como companheirismo, famílias harmoniosas, relacionamentos amorosos e a sensação de que se vive uma vida significativa, com sentimento, que se tem uma missão na vida.

A antropóloga acredita que o FIB reflete uma nova economia emergente com valores de sustentabilidade. Para confirmar a defasagem do PIB como métrica de desenvolvimento, Susan usa as palavras de John F. Kennedy:


“O crescimento do PIB inclui poluição atmosférica, que pode ser uma tragédia. Inclui travas especiais para nossas portas e recursos para manter prisões para pessoas que as quebram. Inclui a destruição de florestas e a morte de nossos lagos. Ele cresce com a produção de mísseis e ogivas nucleares. Não inclui a saúde de nossas famílias, a qualidade da educação de nossas crianças ou a alegria de suas brincadeiras. É indiferente à segurança das nossas ruas, nem mede a beleza de nossa arte, muito menos a estabilidade de nossos casamentos e a postura de nossos governantes. O PIB mede tudo em suma, exceto aquilo que faz a vida valer a pena”.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

ISO 26000: Eu tenho um sonho

A ISO 26000 será a primeira norma internacional de Responsabilidade Social Empresarial. A norma começou a ser desenvolvida há três anos e deverá estar concluída em 2010. O documento tem como objetivo traçar diretrizes para ajudar empresas de diferentes portes, origens e localidades na implantação e desenvolvimento de políticas baseadas na sustentabilidade.

Para promover seus princípios, a ISO lançou um vídeo que exibe seus valores e suas crenças. O vídeo é todo narrado por crianças de vários países do mundo em suas respectivas línguas de origem.

Vale a pena conferir!!!

video

Fonte: Site EcoDesenvolvimento

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Dica de Curso


Curso de Extensão: Comunicação Empresarial e Sustentabilidade

Responsável: Prof. Ms. Backer Ribeiro Fernandes

Realização: Intercom

Local: Av. Brigadeiro Luis Antonio, 2050 - Bela Vista - São Paulo

Ementa

Sustentabilidade é hoje a principal pauta na comunicação empresarial. Por ser um tema relevante e de grande importância, cabe ao gestor da comunicação zelar pela qualidade da informação e transmiti-la de forma clara e transparente, para que os diversos públicos e grupos de interesse (funcionários, acionistas, comunidade, consumidores, entre outros) percebam os compromissos sociais e ambientais da empresa. A estratégia de comunicação deve consolidar o capital de confiança da empresa, gerar valor para os negócios, fortalecer sua imagem e consolidar sua reputação.


Objetivos

Capacitar o comunicador para identificar e desenvolver oportunidades de comunicação para uma gestão socioambiental responsável e para influenciar as decisões internas, inserindo a sustentabilidade nos planos de comunicação empresarial, nas pautas jornalísticas e nas campanhas publicitárias.


Conteúdo Programático

Curso composto por 10 módulos temáticos:


Módulo 1 – O que é Meio Ambiente: Introdução
O que é Sustentabilidade?
Os grandes temas: Aquecimento Global, Mudanças Climáticas, Biodiversidade, Agenda 21, Protocolo de Kioto, mercado de Carbono e outros.


Módulo 2 – Política e Legislação Ambiental no Brasil
Histórico e evolução da legislação ambiental no Brasil
Leis e códigos de proteção ambiental
O papel dos órgãos governamentais e a responsabilidade pelo dano ambiental
Processo de Licenciamento Ambiental – EIA RIMA

Módulo 3 – Gestão ambiental
Certificação Ambiental: um novo compromisso das organizações
Princípios e conceitos do Sistema de gestão ambiental (SGA)
Normas e certificações: ISO 14.001 e 14063 de Comunicação Ambiental
Produção mais Limpa (P+L) e a Ecoeficiência
Compromisso Empresarial para Reciclagem das embalagens (3R’s).

Módulo 4 – Comunicação para a Sustentabilidade
A sustentabilidade e os Princípios Institucionais: uma nova cultura
A comunicação e relacionamento com os públicos estratégicos
O papel do comunicador frente aos desafios socioambientais
Planejamento estratégico com foco na Sustentabilidade


Módulo 5 – Ética na Comunicação Socioambiental
Comunicação Low Profile: o receio de não comunicar
A Empresa Cidadã e a democratização da informação
Greenwashing: sobre a verdade e a mentira
Carta da Terra: a dimensão ética da Sustentabilidade

Módulo 6 – Reputação e Imagem
Ser uma empresa sustentável ou parecer Ser
A importância da imagem e reputação nos momentos de crise
O valor dos Bens Intangíveis nos índices de Reputação
Matrix: a comunicação é no campo virtual

Módulo 7 – Jornalismo Ambiental
O que é notícia na cobertura ambiental
A cobertura da sustentabilidade na grande imprensa e na imprensa especializada
O papel das assessorias no relacionamento com a imprensa ambiental
Construção de pautas de sustentabilidade

Módulo 8 – Mídias e Redes Socioambientais
Internet: uma ferramenta de disseminação da informação ambiental
Sustentabilidade tem o padrão de rede
Web 2.0: não faz sentido separar o real do digital
Os processos de construção colaborativa de conhecimento e informação

Módulo 9 – Marketing Verde
Mercado x Meio Ambiente
Do Marketing Social ao Marketing Ambiental
O antagonismo do Consumo Consciente
Fortalecimento das marcas – Branding
Ecodesign e as embalagens

Módulo 10 – Da Responsabilidade Social para a Sustentabilidade
Investimento social privado
Meio ambiente e o Terceiro Setor
Envolvimento dos públicos estratégicos
Índices, relatórios e indicadores de Sustentabilidade


Carga horária: 64h/aula
Datas / Horários:

Turma 1 (T1) – 13/julho a 2/setembroSegundas e Quartas-FeirasDas 19h às 23h
Turma 2 (T2) – 18/julho a 5/setembroSábados Das 9h às 13h e das 14h às 18h
Vagas: 20 alunos por turma
Inscrições: até 3 de julho de 2009, no site da Intercom (faça download da ficha aqui)

Valor: R$ 840,00 (Inscrição + 2 parcelas de R$ 280,00) - Associado da Intercom tem 50% de desconto.

Inscrição: deverá ser feita mediante depósito identificado em conta corrente da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação - INTERCOM – CNPJ 51.201.093/0001-53 - Banco do Brasil – agência 3559-9 – conta 6.103-4, enviar o comprovante do depósito, juntamente com a ficha para o e-mail: cursos@intercom.org.br

Parcelas: devem ser quitadas com cheques entregues à secretaria da entidade no escritório da Bridadeiro Luis Antonio no primeiro dia do curso.

Certificado: Para os alunos com freqüência mínima de 75%.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Pit stop para o conhecimento.

Esta semana, estou participando da 11ª Conferência Internacional do Instituto Ethos, em São Paulo.

Voltarei na próxima semana com novidades!
Abraços e boa semana a todos!

terça-feira, 9 de junho de 2009

Sustentável 2009 - 3º Congresso Internacional sobre Desenvolvimento Sustentável


De 4 a 6 de agosto acontece em São Paulo a 3ª edição do Congresso Internacional sobre Desenvolvimento Sustentável - Sustentável 2009. O evento pretende inovar, educar e agir na busca de soluções para superar os problemas sociais e ambientais, tendo a sustentabilidade como pilar central e norteador.

O evento acontece no Teatro TUCA da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, onde durante três dias, representantes do poder público e do setor privado, líderes de ONG’S, profissionais da mídia e estudantes se reunirão para discutir sobre novos caminhos que estimulem as empresas a redesenhar as fronteiras de seus negócios com base nas ideias e práticas do desenvolvimento sustentável.

Também será discutida a valorização da educação no processo de criação e a perenidade de uma cultura sustentável entre pessoas e organizações.


Serviço

O quê: 3ª edição do Congresso Internacional sobre Desenvolvimento Sustentável - Sustentável 2009.
Quando: de 4 a 6 de agosto
Onde: Teatro TUCA - PUC -SP
Endereço: Rua Monte Alegre, 1.024, em Perdizes

Inscrições

segunda-feira, 8 de junho de 2009

planet.move - Mostra  de Filmes sobre Meio-Ambiente e Globalização


Começou em março e vai até outubro de 2009, o planet.move, uma mostra internacional de filmes que abordam questões relacionadas ao meio ambiente e globalização. A mostra passará por nove diferentes cidades em todo o país. Pela primeira vez no Brasil, o festival exibe produções de todo o mundo que divulgam o desenvolvimento sustentável.

Realizado pela Ecomove International, organização sem fins lucrativos que apoia, promove e distribui materiais audiovisuais com foco no meio ambiente e na sustentabilidade, a mostra reúne dez produções contemporâneas para o cinema e a TV, com ênfase em temas como mudança climática, globalização e seus impactos ecológicos, perda da biodiversidade, agricultura e o problema alimentar.

A mostra de filmes planet.move ocorre em diversas regiões e cidades do Brasil, incluíndo São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Brasília, Salvador e Recife, e será acompanhada de exposições e discussões sobre os temas. No Brasil, a ECOMOVE atua em parceria com o Instituto Goethe e com a ECOBahia – Festival Internacional do Audiovisual Ambiental. O projeto é apoiado pelo Ministério do Meio-Ambiente da Alemanha.

Confira as datas e locais:

São Paulo-SP
12-19 de março de 2009.
Goethe-Institut São Paulo

Santa Maria-RS
06-27 de maio de 2009.
CESMA - Cooperativa dos Estudantes de Santa Maria

Rio de Janeiro-RJ
19-24 de maio de 2009.
Centro Cultural Banco do Brasil

Porto Alegre-RS
26 de maio - 10 de junho de 2009.
Goethe-Institut Porto Alegre

Caxias do Sul-RS
01-05 de junho de 2009.
UCS - Universidade de Caxias do Sul
Informações: www.ucs.br/

Recife-PE
01-15 de junho de 2009.
CCBA - Centro Cultural Brasil-Alemanha

Goiânia-PR
15-20 de agosto de 2009.
Universidade Federal de Goiás
Cine UFG - Faculdade de Latras - Campus II
Informações: www.proec.ufg.br/site

Brasilia-DF
07-16 de agosto de 2009.
Museu Nacional da República

Curitiba-PR
05-10 de setembro de 2009.
Local e horários a serem definidos.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Dia Internacional do Meio Ambiente


Para comemorar o Dia Internacional do Meio Ambiente, 5 de Junho, a AT Consultoria Cultural, em parceria com a Umicore, estará promovendo um evento de conscientização para um crescimento sustentável com responsabilidade.

Serão distribuídos, em 10 bibliotecas da cidade de São Paulo, 2.500 exemplares do livro "O último a chegar é...", da escritora Patricia Secco, uma obra patrocinada pela Umicore, que trata da importância da reciclagem de celulares e baterias que todos nós utilizamos e muitas vezes não sabemos que podem ser reciclados, colaborando com a qualidade de vida do nosso planeta.

Se você quiser ganhar um exemplar do livro "O úlitmo a chegar é...". Mande um e-mail para alessandra.trindade@uol.com.br ou ntmoriyama@gmail.com.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Conferência Internacional do Ethos 2009


De 15 a 18 de junho, acontece em São Paulo, a 11ª edição da Conferência Internacional do Instituto Ethos de Responsabilidade Social. Considerado um dos principais eventos de Responsabilidade Social, a edição deste ano traz o tema “Rumo a uma nova economia global: a transformação das pessoas, das empresas e da sociedade” e pretende discutir a crise financeira que atingiu recentemente as maiores economias do planeta.

Serviço

O quê: Conferência Internacional 2008 do Instituto Ethos;
Tema: Mercado Socialmente Responsável: Uma Nova Ética para o Desenvolvimento;
Quando: de 15 a 18 de junho de 2009;
Onde: Hotel Transamerica – São Paulo/ SP
End: Av. das Nações Unidas, 18.591 - São Paulo, SP



Valores até 15/06/2009

Associados - R$ 1.815,00
Outros - R$ 2.541,00
No valor da inscrição estão incluídos coquetéis, cafés, almoços e o material do participante.

Mais informações podem ser obtidas no site da Conferência 2009