segunda-feira, 18 de junho de 2007

O significado da liderança


Todos nós buscamos oportunidades, reconhecimento. Buscamos viver num mundo justo e solidário. Os pessimistas de carteirinha devem estar pensando... Impossível. Este mundo não existe. Mas, os otimistas como eu, podem comemorar. Este mundo é possível e existe quando estamos rodeados de líderes. E ao contrário do que muitos podem pensar, estas pessoas estão presentes em diversas formas e em diversos lugares. Para que possamos entender o verdadeiro líder vou utilizar a metodologia inversa, ou seja, começarei falando de quem não é líder e vocês entenderão bem o que é.
Sabe aquele chato que pega no seu pé o tempo inteiro? Sabe aquele indivíduo que parece fiscal da prefeitura atrás de camelô irregular que fica o tempo todo controlando seu trabalho? Bem, este é chefe, porque líder está bem longe disso. As verdadeiras lideranças são grandes construtores da cultura organizacional. O líder é aquele que transmite os valores da empresa, que forma outros líderes. E mais ainda, líder é aquele que tem o dom de educar.
O bom líder sabe trabalhar em equipe. O bom líder forma líderes que por sua vez formam boas equipes. O líder potencializa talentos. O líder incentiva e valoriza a diversidade. E diversidade implica em: considerar as pessoas pelas suas competências e estimular o aprendizado organizacional pelo trabalho em equipe com pessoas diferentes. Para manter essa mentalidade necessitamos de um constante aprendizado, de uma atualização permanente. E convenhamos, nós só aprendemos de fato quando convivemos com pessoas diferentes. Desta forma, desejo a todos que a diversidade faça parte do DNA de cada um de nós, que todos possam ser tratados com equidade e justiça e que as pessoas sejam tratadas pelas competências que entregam e não pela aparência que apresentam.
Sendo assim, viva a diferença!

Idéias extraídas durante o Fórum Serasa de Empregabilidade de Pessoas com Deficiência (junho/07)

2 comentários:

Beto Collin disse...

Sim simmm! Mas vale lembrar que puxões de orelha e marcações cerradas também valem um pouco pra pessoa se ligar naquilo que é ou não justo dentro de uma determinada cobrança. Ou tô errado? rs!

Pelo menos acho que aprendi com as marcações de vários chefes diferentes. Uns chatos e exagerados e outros bem sussa...

Parabéns pelo ótimo texto e observações, como sempre!

Bjos Caaat!!

Anônimo disse...

Eu acho que a grande diferença entre um líder e um chefe é que o primeiro sabe que é apenas parte de um TODO, enquanto o chefe, pensa(e acredita) que é melhor do que os outros a quem chefia.

Adorei o e-mail, vou te ligar agora !

BV